terça-feira, 13 de setembro de 2011

Eu Escolhi Esperar o quê? - Parte 3

Como o meu perfil no Twitter foi bloqueado pelo perfil do @EscolhiEsperar, movimento que tem como coordenador o @NelsonJuniorEEE (leia mais neste post), eu não posso mais responder, questionar, comentar ou retwittar os posts dele. Então usarei este blog para fazer isso. Vamos analizar juntos mais  algumas tweetadas?

Você fez essa escolha? Problema seu. Não fique iludindo os outros com promessas que não poderá cumprir. Se uma adolescente de 16 anos se casa, estaria mais apta a fazer sexo do que uma solteira de 30 anos?

Então por que me bloqueou no Twitter? Eu adoro criticar o #EscolhiEsperar. Eu prefiro elogios para impulsionar e prosseguir com a certeza que estou fazendo a coisa certa. Hitler foi muito criticado. Estava fazendo a coisa certa?

Então cancele o seguro do carro, deixe-o na rua com a porta aberta, more no último andar com criança em casa e não coloque grades na janela, etc... Frase de efeito, mas sem nenhuma função prática! Tinha que ser do Altomir mesmo...

Se essa é a vontade de deus, então aonde está a liberdade? Se eu tenho que obedecê-lo para ser recompensado depois, se qualquer outra escolha diferente dessa que eu fizer, serei penalizado, isso é ser livre? Ou obedece ou vai pro inferno? Porram, o que é liberdade?

Pra mim essa frase é alusiva ao sexo hoje. Curtir o momento. "Dançar a música". Pôxa, mas fé não é exatamente ter esperança na existência de um deus e sua benevolência diante das nossas atitudes? Caramba, que frase confusa!

Simplifique seu amor. DESCRISTIANIZE-SE!

Cristãos costumam usar o verbo "falar" quando querem dizer que tiveram algum pressentimento, mas preferem dizer que deus "falou" com eles. Ora, se deus fala, como é a voz dele? É tipo do Cid Moreira? Ele fala em português mesmo? Tem sotaque? Como é a voz dele? Ele usa os verbos igual na bíblia ou fala mais coloquial? Não conheço ninguém que realmente tenha ouvido a voz dele. Tô curioso... Ou que tal usarem outro verbo tipo "pressentir"?

Só não conta isso pra Jesus. Se ele vir uma cruz hoje, ele foge! Pôxa, imagina você ser morto por um machado e as pessoas passarem a te cultuar com um machado. Se você pudesse voltar à vida, passaria longe de um machado! O mesmo Jesus com a cruz. Acho que ele não gostaria muito de ter como símbolo o objeto que causou sua morte.

É exatamente o que o #EscolhiEsperar faz com seus "seguidores", apresentando o sexo antes do casamento como algo abominável e passível de repreensão, numa interpretação literal da bíblia e completamente descontextualizada da época em que foi escrita. Quando você interpreta a bíblia do seu jeito, baseado apenas em sua experiência pessoal de vida, está subtraindo-a.

E qual não tem?

9 comentários:

  1. Largue de ser ridiculo ! estamos em um país livre, por que não receita a religião dos outros ? eu respeito você ser ateu, não é por isso que eu crio um blog para esculhambar sua opção. não tem o que fazer né?? aposto que depois você ainda vai falar que é contra o preconceito enquanto comete um na mundo virtual --'

    ResponderExcluir
  2. Querido anônimo, se estamos em um país livre, eu posso criticar o que ou quem eu quiser, certo? Inclusive a religião, mas isso não é o caso. Não critiquei religião alguma. Critico, sim, a interpretação errada que o #EscolhiEsperar faz de um trecho bíblico iludindo os cristãos. Crítica não é ofensa. Se você se ofende com críticas, é melhor refletir sobre sua crença.
    Não estou esculhambando a opção de ninguém. Estou apenas tentando desnudar a falácia que é este "movimento" que nada mais é do que uma empresa que vende camisas, pulseiras e palestras às custas da fé alheia e de falsas promessas. Casar virgem não é garantia de nada! Jesus nunca interferiu na sexualidade de ninguém! Seria preconceito se eu não soubesse do que estou falando, mas estudei o assunto e sei sim do que se trata. Por isso fico encucado em entender como as pessoas acreditam nessas mentiras... Passar bem e obrigado pela visita! ;-)

    ResponderExcluir
  3. Achei as criticas muito exagerados, tá certo que vc não precisa concordar com o que esse movimento diz sobre sexo, mas tu critica quase tudo que ele fala shashaushuash

    pega mais leve :)

    ResponderExcluir
  4. Querido anônimo. Alguma crítica foi mentirosa ou não condizente com a realidade? Se foi, pode dizer qual foi e vamos discuti-la. Agora, se foi pesado ou não, aí é mais questão de opinião, mais subjetivo. Eu particularmente achei que peguei bem leve. Tem coisa que eu até concordo, tipo, não sou a favor da banalização do sexo, de sair pegando todas sem compromisso, mas se um casal de namorados ou noivos se ama e faz amor, o que a religião tem a ver com isso? E vale lembrar que celibato nem é consenso entre os cristãos. Tem cristão que acha que não precisa casar virgem, pois contextualiza a bíblia pra época em que foi escrita. Afinal, o que vale pra hoje e o que não vale mais? E quem decide o que vale e o que não vale pra querer incluenciar os outros? Abraço e obrigado pelo comentário!

    ResponderExcluir
  5. Achei ridículo, não sou adepto ao movimento, por isso mesmo acho que teria argumentos melhores. Não é um bom crítico. Leia mais, pense mais, e procure saber mais sobre os assuntos que fala pra tu poder fazer uma boa crítica.

    ResponderExcluir
  6. Gostaria de ler uma crítica sua melhor ao "movimento", senhor "sou bom crítico".
    Não quis fazer uma crítica. Quis fazer uma análise dos twitts...

    ResponderExcluir
  7. NÃO EXISTE BASE BÍBLICA PARA A CASTIDADE:
    Se uma pessoa QUER viver a castidade, não existe absolutamente nada de errado nisto. Agora, dizer que a Biblia exige e determina a castidade, aí é ERRO BRUTAL e falta de conhecimento da Palavra. Como teólogo e estudioso do assunto da sexualidade, colaboro com este canal sugerindo que leiam o livro, escrito por um grande PhD Teologia, Psicologo e Sexologo, Dr. Philo Thelos: "Divine Sex: Liberating Sex from Religious Tradition". Outro livro muito esclarecedor: "Don't Wait For Sex: What the Bible Actually Says About Saving Sex for Marriage" (Traduzindo a grosso modo seria: "Não espere para fazer sexo. O que a Bíblia realmente fala sobre guardar-se até o casamento".).

    ResponderExcluir
  8. Olá querido (a), em relação ao Eu Escolhi Esperar, sim eles tem base bíblica para fazerem a defesa do pensamento e da corrente deles, como você também tem base bíblica ou não para fazer sua crítica, mas pelo que estou lendo aqui no seu blog boa parte da sua teoria é equivocada. Você acredita que os cristãos devem viver em uma redoma de vidro? Isolados da vida? Como você disse acima "Se uma adolescente de 16 anos se casa, estaria mais apta a fazer sexo do que uma solteira de 30 anos?" , sim é errado, cada religião tem seu costume como o Eu Escolhi Esperar é uma de uma religião cristã sua concepção e sua doutrina é tudo metrado; de acordo com cada seguimento, mas vai de cada denominação. Essa questão vai muito além de você aceitar ou não, enquanto você perde seu tempo criando um blog pra criticar ao invés de fazer alguma outra atividade construtiva e criativa, não sei qual vai ser sua manifestação em relação a esse meu comentário, mas se você quer criticar, conheça mais, tenha mais base, não funde seus pobres comentários como se cada frase desse movimento fosse um mantra.... Enfim faça diferente do seu slogan não seja um "ateu ignorante" seja um "ateu inteligente" e tenha bases mais consistentes pra convencer os leitores!

    ResponderExcluir
  9. "Se essa é a vontade de Deus, então aonde está a liberdade? Se eu tenho que obedecê-lo para ser recompensado depois, se qualquer outra escolha diferente dessa que eu fizer, serei penalizado, isso é ser livre? Ou obedece ou vai pro inferno? Porram, o que é liberdade?"

    Você é livre para fazer suas escolhas na vida, não é por isso que Deus não queira algo a nós, um Pai com amor quer que seu filho tenha o melhor (sonhos e vontades)! Se o filho não quiser, o que Pai pode fazer? Vemos isso em nosso cotidiano!
    Deus diz na sua palavra as consequências da desobediência. Se tem uma tomada na sua frente e sua mãe diz filho não coloque seu dedo irá se machucar, e você coloca, o que sua mãe pode fazer, a escolha foi sua, o erro foi seu ela te avisou! A vontade dela era que você não fizesse isso, mas você o fez... As consequências são claras, nós que nos vendamos. Queremos viver a vida do nosso jeito e esquecemos que o 'nosso jeito' pode nos levar a consequências terríveis.

    Seja respeitoso! ao criticar ;)

    ResponderExcluir

Regras de uso:
1) Desde que não tenha palavrões, ofensas ou propagandas, nenhum comentário será apagado;
2) Diga primeiramente qual fé religiosa você professa (ateu, agnóstico, católico, evangélico, budista, judeu, muçulmano, etc) para facilitar a interpretação do seu texto;
3) Tente manter a discussão no nível das ideias. O objetivo é compreender (não necessariamente aceitar);
4) Obrigado por participar!