segunda-feira, 5 de agosto de 2013

Caim, Abel, Eva e Adão

Caim assassina Abel e é condenado pelo deus Jeová que lhe o marca com um símbolo para que todos o reconhecessem e soubessem de sua desgraça e o envia para outras terras onde ele casa com uma filha da Terra de Node. Ora, como os demais povos que cultuavam outros deuses reconheceríam a marca de Caim? Povos que desconheciam Jeová!

Sem falar que deus preferiu mais a oferta de Abel, que envolvia sangue de animal inocente, que a oferta de Caim, de vegetais. Sem falar também que deus disse a Adão e Eva que eles morreriam de comessem do fruto proibido, o que não aconteceu. Sem falar que, se Adão e Eva foram os primeiros humanos, da onde vieram esses povos da Terra de Node?

14 comentários:

  1. Amigo ateu... essa é magia da fé... vc não tem que tentar entender... apenas aceitar em seu coração. (Essa foi a baboseira que ouvi todas as vezes que levantei essas questões).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A baboseira é o que eu to lendo de você!
      "Essa é a mágica da fé... Você não tem que tentar entender"
      Então você quer dizer que nossas dúvidas não podem ser buscadas? Tem que aceitar e já era?

      Excluir
  2. Sobre o Pai ter preferido a oferta de Abel foi pelo ato d q Abel ofereceu o seu melhor e das suas primícias já Caim pegou ali qualquer coisa e ofereceu

    ResponderExcluir
  3. O que Abel ofereceu dele? O sangue de um animal inocente? E o que deus fez com esse animal inocente morto? Nada! O sacrifício na verdade não foi de Abel, mas sim do animal, que morreu. O único trabalho de Abel era deixar o animal pastar e dar água. Já Caim tinha que todo dia arar a terra da sua colheita. Ou seja: o sacrifício de Caim foi bem maior que o de Abel. É a diferença entre o bacon e o ovo frito do hamburguer. Pra ter bacon, o porco tem que morrer. Já pra ter ovo, a galinha não precisa morrer. Um deus que prefere animais mortos a vegetais (e não faz nada com o animal morto) não é digno de minha adoração. Esse animal morreu em vão!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo com você meu nobre Ateu Ignorante, você é uma pessoa que conhece mais da bíblia que qualquer um, muitos que te criticam aqui não sabem nada da bíblia, as defendem sem saber o que esta escrito, e você tem uma paciência para responder a tantas pessoas que realmente são ignorantes!

      Eu entendo os ateus, eu também de alguma maneira sou, pois tento procurar um Deus, mas não vejo ele, apenas assisto de camarote pessoas morrerem, crianças sendo estupradas, violência e mais violência. Olha se eu fosse Deus, esse mundo seria diferente! Jamais deixaria um filho meu SOFRER!

      Se existir algum Deus, talvez ele não seja bom!
      Somos ratos de laboratório!

      Excluir
    2. Te adimiro querido Ateu ignorante! Também sou ateia.... De adimiro também por ter paciência pra debater com esses verdadeiros ignorantes!

      Excluir
    3. Te adimiro querido Ateu ignorante! Também sou ateia.... De adimiro também por ter paciência pra debater com esses verdadeiros ignorantes!

      Excluir
  4. Nenhum estudante da religião cristã recomenda "aceitar" ao invés de entender. O problema na análise de você sé julgar a aparente e superficial amoralidade antes de entender, em outras palavras ateu tem má-vontade na sua leitura da Bíblia, nunca leram uma verdadeira interpretação

    ResponderExcluir
  5. Se vocês estiverem interessados em compreender a história não será difícil encontrar um bom resumo.
    Primeiramente você deve dizer se esta narrativa é verídica, porque nem tudo o que está na bíblia é história literal, existem fábulas também, as quais tem funções pedagógicas. Obviamente o ateu tem uma tendencia de dizer que toda a bíblia é uma grande baboseira sem sentido, pura má-vontade, achar que Deus, Abraão, Moisés e Jesus nunca existiram é uma posição válida em todos os sentidos, mas isto não significa que a Bíblia não possua valor, ateus não são motivados por interesse, curiosidade ou discordância quando o assunto é religião, são motivados por ódio à ideia da religião e às pessoas que seguem aquela religião.

    ResponderExcluir
  6. Anônimo, grato pelos comentários. Pena que você não explicou as dúvidas do post e preferiu atacar os ateus. Deixe-me esclarecer. Não há má-vontade. Ou é preciso muita boa vontade para crer em determinadas estórias bíblicas. Quem define o que é metáfora do que é literal, se nem mesmo os cristãos chegaram a um consenso? Eu poderia dizer que é pura má vontade dos cristãos acharem que Shiva, Krisna e Buda nunca existiram. Que o Baghavad Gitá ou o Alcorão não tem valor, sendo que há estórias lindas lá também. Cristãos são motivados pelo que para discordarem das outras religiões? Ateus só discordam de uma religião a mais que os cristãos. Abraço e volte sempre!

    ResponderExcluir
  7. Vamos lá, vou mostrar isso só uma vez. Deus Jesus, como você quiser chamar, mas Ele É O Criador de tudo e por um motivo que não nos cabe saber, tem seus motivos. Ele conhece todas as divisões de tempo (nós dividimos em frações de segundo). quando ele criou Adão e Eva, já existiam outros homo Sapiens evoluídos ao redor do planeta, mas só Adão e Eva, eram criação responsáveis por começar a divulgação ( por assim dizer) da obra dEle. num exato momento, Adão foi o primeiro, numa fração de tempo, ele (Adão) foi o primeiro HOMEM, então logo em seguida, poderia ter nascidos outros milhões, Adão continuaria a ser o primeiro e assim o foi. Por isso, na Bíblia diz que os filhos de Adão e Eva se casaram e tiveram inúmeros filhos e assim começou a nação de Deus. Quando Deus fala que o homem veio do pó, acredito EU, que esse pó é o átomo, Deus não disse a Moisés que tipo de pó era, deixou para que entendêssemos conforme nossa fé permitisse. lembre-se que muitas coisas que hoje a ciênca descobriu, os Hebreus já sabiam por revelação divina.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Ele É O Criador de tudo e por um motivo que não nos cabe saber, tem seus motivos"
      - Por que não nos cabe saber? Se me afeta, quero saber sim, uai.

      "quando ele criou Adão e Eva, já existiam outros homo Sapiens evoluídos ao redor do planeta"
      - Da onde você tirou isso, seu doido?

      "só Adão e Eva, eram criação responsáveis por começar a divulgação (por assim dizer) da obra dEle"
      - Mas Adão e Eva em toda a bíblia nunca divulgaram nada sobre deus, nem mesmo a seus filhos! Se tivessem divulgado corretamente, Caim não teria matado Abel e Eva nem teria comido o fruto proibido.

      "então logo em seguida, poderia ter nascidos outros milhões..."
      - Você tá supondo, conjecturando, viajando na maionese...

      "Quando Deus fala que o homem veio do pó, acredito EU, que esse pó é o átomo"
      - Mas tudo material é formado por átomos, não só o homem. E a bíblia diz "Eis que vim de Deus, como tu; do barro também eu fui formado" (Jó 33:6). Ou seja, não diz só pó, mas especifica que foi do barro mesmo.

      "Deus não disse a Moisés que tipo de pó era"
      - Disse sim: do barro, como mostrei anteriormente.

      "deixou para que entendêssemos conforme nossa fé permitisse"
      - Ele poderia ter sido mais específico. Facilitaria a compreensão. Ou ele é um péssimo escritor?

      "muitas coisas que hoje a ciênca descobriu, os Hebreus já sabiam por revelação divina."
      - Tipo o que? Tipo a "receita" pra curar lepra que está em Levítico 14?

      Excluir
  8. Ateu Ignorante, somos dois. Concordo com cada palavra sua.

    ResponderExcluir
  9. E ainda tem mais...Se Adão e Eva tiveram filhos e a terra foi povoada por eles, houve incesto pra caramba na família hein? Além do mais, o Deus do Gênesis parece mais um demônio de tão arrogante, autoritário e cruel. E esse papo de sacrificar animais é o fim. Se ele acha que a pessoa não vale nada, que sacrifique a própria.E não um animal inocente.E outra: Foi culpa dele Caim ter matado Abel. Ele gerou a inveja em Caim porque fez pouco dele e da sua oferenda. Pai que é pai não faz isso.

    ResponderExcluir

Regras de uso:
1) Desde que não tenha palavrões, ofensas ou propagandas, nenhum comentário será apagado;
2) Diga primeiramente qual fé religiosa você professa (ateu, agnóstico, católico, evangélico, budista, judeu, muçulmano, etc) para facilitar a interpretação do seu texto;
3) Tente manter a discussão no nível das ideias. O objetivo é compreender (não necessariamente aceitar);
4) Obrigado por participar!