quarta-feira, 4 de fevereiro de 2015

Qual é o propósito de existirem ímpios?

Os cristãos gostam muito de dizer que deus tem um propósito pra tudo, muito provavelmente se baseando em Provérbios 16:4, que diz que "o senhor faz tudo com um propósito". Só que eles se esquecem do restante do versículo. Sim, esta é só a primeira parte dele. Na segunda parte diz "até os ímpios para o dia do castigo."

O versículo completo agora:

"O Senhor faz tudo com um propósito; até os ímpios para o dia do castigo." (Provérbios16:4)

Sim, amigos. Encontramos o propósito do nosso ateísmo. É o próprio deus quem nos fez assim. Aceitemos, pois! Somos ímpios com o propósito de sermos castigados! Maravilha!



27 comentários:

  1. Pois é... eu já ouvi absurdos como "Não cairá uma folha de uma árvore sem o consentimento de deus", mas o mais absurdo é que as mesmas pessoas que dizem isso, são as mesmas que acham que deus é perfeito, a bíblia é perfeita, ateus são crias do Kapeta e deus só faz o bem.

    ResponderExcluir
  2. Uma coisa é certa. Até na Bíblia o Corinthians é freguês.
    Coríntios 1 Versículo 2

    ResponderExcluir
  3. Simplesmente risível esse versículo.

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sr Ateu Ignorante, o senhore não respondeu-me u.u heheh

      Não sei porque não encontro nenhum problema nesse versículo.
      Consigo compreender a ideia de Deus sendo o Criador, e de tudo com um propósito.
      Deus fez o ímpio? claro que fez.
      Mas é Ele quem faz o ímpio pecar? ou é o ímpio quem o escolhe?
      Portanto, Deus fez o ser humano, e o ser humano, muitas vezes, escolhe ser ímpio, e por conseguinte, Deus fez o "ímpio".

      Excluir
    2. Perfeito, sendo assim, a punição seria justa.

      Excluir
    3. Que justiça há sem que eu possa me defender dela? Se o próprio deus me fez ímpio, quem sou eu para ir contra uma ordem divina?

      Excluir
    4. Defesa, nesse contexto, é absolutamente desnecessária, já que Deus é absolutamente Justo.

      Deus não te fez ímpio, voce é ímpio por conta dos seus próprios pecados.

      Pare de distorcer o contexto do texto, isso é desonesto intelectualmente falando.

      Excluir
    5. Como você interpreta: "O Senhor faz tudo com um propósito; até os ímpios para o dia do castigo." (Provérbios16:4)
      Eu interpreto exatamente como está escrito: Deus faz tudo, até os ímpios. Sou o que sou por culpa dele.
      Deus é justo (pune os maus) ou é benevolente (perdoa a todos indistintamente)? Ou uma coisa ou outra. Ninguém pode ser justo e benevolente ao mesmo tempo.
      Sou ímpio por causa dos meus pecados? Ora, você não peca? Se peca, também é ímpio? Todos pecam, segundo 1 João 1:8.
      Se você fica doente, entende isso como uma punição divina? Então, se deus é justo, deve aceitar a sua doença e não procurar tratamento?

      Excluir
    6. "O Senhor faz tudo com um propósito; até os ímpios para o dia do castigo." Felipe M Parszuto já deu a resposta para o seu questionamento.

      Deus é Justo e perdoa todos aqueles que estão em Cristo, pelos méritos do Seu Filho. Como os meus pecados foram punidos na Pessoa de Jesus, eu sou declarado justo por Deus, graças a Cristo. Deus não cancelou minha dívida, ela foi paga por Cristo. Logo, Deus pode me absolver no Dia do Juízo, o que não ocorrerá com voce, caso não se arrependa e se volte pra Cristo.

      Sou ímpio por causa dos meus pecados? Ora, você não peca? Se peca, também é ímpio? Todos pecam, segundo 1 João 1:8.

      Eu peco sim, contudo o preço da minha redenção foi pago, a sua não. Visto que Cristo me salvou, sou declarado justo por Deus, pelos méritos de Cristo.

      Se você fica doente, entende isso como uma punição divina? Então, se deus é justo, deve aceitar a sua doença e não procurar tratamento?

      Argumento tolo. De onde voce tirou isso? “Os sãos não necessitam de médico, mas sim, os doentes (mateus 9:12).

      Eu fico doente porque algum vírus ou bactéria me infectou. Ponto. Isso nada tem a ver com o fato de Deus ser justo.

      Excluir
  5. Então só porque vc crê em deus, pode pecar à vontade, afinal, Jesus já remiu todos os pecados que vc cometeu e ainda cometerá.
    Eu não posso pecar, porque Jesus não remiu meus pecados, só dos que acreditam nele. É isso?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Romanos 6 - Que diremos pois? Permaneceremos no pecado, para que a graça abunde? De modo nenhum. Nós, que estamos mortos para o pecado, como viveremos ainda nele? Ou não sabeis que todos quantos fomos batizados em Jesus Cristo fomos batizados na sua morte?De sorte que fomos sepultados com ele pelo batismo na morte; para que, como Cristo foi ressuscitado dentre os mortos, pela glória do Pai, assim andemos nós também em novidade de vida.

      Se alguém está em Cristo nova criatura é. Se eu peco a vontade, não sou nova criatura, logo, Cristo não morreu por mim.

      "Eu não posso pecar, porque Jesus não remiu meus pecados, só dos que acreditam nele. É isso?"

      Não, não é isso. Voce não deve pecar porque o pecado é uma ofensa a um Deus infinitamente Santo. O pecado é perverso, essa é a razão.

      Excluir
    2. E como saber o que é e o que não é pecado? Se nem as diferentes subdenominações cristãs chegaram a um acordo? Pros adventistas, é pecado comer porco e trabalhar sábado. Pros testemunhas de jeová, é pecado doar sangue. Pro pessoal do Escolhi Esperar, é pecado fazer amor com a noiva, só depois de casar. Pro pessoal católico, é pecado não ser católico. Pros evangélicos, é pecado cultuar santos. E o que dizer dos espíritas, que não acham que é pecado conversar com os mortos? Ah, pros anglicanos, ser gay não é problema. Eles até ordenam bispos gays. Divórcio também é de boas pra eles. Tem cristão que diz que é pecado beber. Tem cristão que diz que não é, só não pode embriagar. Tem cristã que não depila a perna nem usa brinco ou maquiagem, pois pra ela é pecado. Tudo cristão. E aí, como fica?

      Excluir
    3. "E como saber o que é e o que não é pecado? Se nem as diferentes subdenominações cristãs chegaram a um acordo?"

      Na verdade isso é simples.
      Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu pensamento.Este é o primeiro e grande mandamento.
      E o segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo.

      Tudo aquilo que violar os dois mandamentos acima, é pecado.Todo mal é pecado porque o pecado é em si contrário ao caráter de Deus, que é Bom.

      Excluir
    4. Errado. Se deus fosse bom, ele não diria que também faz o mal (Isaias 45:7) e as trevas (Lamentações 3:38).
      Então posso me divorciar e me masturbar à vontade, ser gay e também não precisa casar virgem, já que nada disso faz parte dos 10 mandamentos e não tem nada a ver com amar a deus ou ao próximo.

      Excluir
    5. Deus é bom e isso Quem define é Ele mesmo, não voce. Voce é definível, Ele é o Definidor. Não há base alguma para se afirmar que Deus é mal.
      Em lugar algum da Escritura voce vai encontrar respaldo para a afirmação de que Deus pratica o mal, contudo, Ele criou o mal, Ele é soberano e livre, e dai? Isso faz de voce menos responsável? Muito pelo contrário. Ao estabelecer um padrão do que é certo e esse padrão é o próprio Deus, Ele criou o que é errado. Isso é bom, voce é responsável, faça suas escolhas.

      Interessante, algumas das suas premissas obrigatoriamente exigem a existência de Deus. Um ateu geralmente não trabalha com esse tipo de argumento.

      Essa discussão é no mínimo muito curiosa, estamos debatendo aqui o que é certo e errado, correto? Voce, sendo ateu, qual base tem pra afirmar o que é bom e o que é ruim? Se Deus não existe, tudo é permitido, se Ele não existe, tudo é relativo. Logo, vc não teria nenhuma base para afirmar que algo é certo ou errado, dado o caráter subjetivo e relativo do seu argumento.

      Sinceramente, eu poderia continuar rebatendo seus argumentos, mas é inútil, isso aqui iria continuar para sempre. Sugiro que vc assista (se é que já não assistiu) os debates do dr William Lane Craig e do dr Alvin Plantinga, são bastante ricos.

      Excluir
    6. "Deus é bom e isso Quem define é Ele mesmo, não voce."
      - Foi ele mesmo quem definiu que também faz o mal, não eu.

      "Ele é o Definidor"
      - Se vc o define como onisciente, onipotente e onipresente, por que eu não posso defini-lo também?

      "Não há base alguma para se afirmar que Deus é mal"
      - De novo: Isaias 45:7 e Lamentações 3:38. Sem falar nas vezes em que ele manda matar na bíblia. Até crianças foram mortas a mando dele. Infanticídio não é algo mal?

      "Em lugar algum da Escritura voce vai encontrar respaldo para a afirmação de que Deus pratica o mal"
      - Sodoma, Gomorra, Dilúvio, a dor do parto nas mulheres...

      "Ele criou o mal, Ele é soberano e livre, e dai?"
      - Vc acha certo ele ter criado o mal? Imagine se ele não tivesse criado o mal, não seria bem melhor?

      "Ao estabelecer um padrão do que é certo e esse padrão é o próprio Deus, Ele criou o que é errado."
      - Vc está errado. Ele criou o que é pecado e o que não é pecado de acordo com o grau de puxasaquismo que devemos ter com ele. Uma coisa é pecar, outra coisa bem diferente é errar. Tem muito erro que não é pecado e muita coisa considerada pecado que não é errado. Não confunda os conceitos.

      "algumas das suas premissas obrigatoriamente exigem a existência de Deus."
      - Como vc bem disse, são premissas. Na possibilidade da existência de um deus. Se é que existe algum deus... Uma suposição, não uma afirmação.

      "estamos debatendo aqui o que é certo e errado, correto?"
      - Errado. Estamos debatendo o que é e o que não é pecado e cada subdenominação cristã interpreta de uma forma diferente, como já mencionei.

      "Voce, sendo ateu, qual base tem pra afirmar o que é bom e o que é ruim?"
      - O humanismo secular.

      "Se Deus não existe, tudo é permitido"
      - E não é? Vc não é livre pra fazer o que quiser? Livre arbítrio não é isso? Permissão pra fazer o que quiser e arcar com as consequencias boas e ruins de suas escolhas?

      "se Ele não existe, tudo é relativo"
      - A própria existência dele torna as coisas relativas. Tipo: matar é errado, mas se é deus quem manda matar, então é bom. Temer é ter medo. Mas se é em relação a deus, temer é ter respeito. Viu? Vocês relativizam!

      "Logo, vc não teria nenhuma base para afirmar que algo é certo ou errado"
      - Como não? Não temos leis para nos dizer o que é certo ou errado? Não temos os estatutos? As regras sociais? A Declaração Universal dos Direitos Humanos? Nossas próprias consciências?

      "Sugiro que vc assista (se é que já não assistiu) os debates do dr William Lane Craig e do dr Alvin Plantinga"
      - Já rebati o Craig aqui no blog: http://ateuignorante.blogspot.com.br/2013/01/william-craig-e-suas-falacias-que-ele.html

      Excluir
    7. Sério, como já disse, não vou rebater um por um pq isso não vai acabar nunca.

      Vi seus comentários aos argumentos do Craig, mas, na boa, pegue um vídeo em que ele de fato explora os argumentos, em que há desenvolvimento das premissas e das conclusões...pq nesse vídeo ele não explica nada, só põe os tópicos, digamos assim. Ai fica fácil, né? Se fosse tão simples assim rebatê-lo os cavaleiros do ateísmo e outros não o respeitariam tanto e nem sequer debateriam com ele.

      Eu só gostaria de fazer mais 2 comentários:

      "algumas das suas premissas obrigatoriamente exigem a existência de Deus."
      - Como vc bem disse, são premissas. Na possibilidade da existência de um deus. Se é que existe algum deus... Uma suposição, não uma afirmação.

      Voce não é ateu, voce é agnóstico.

      "Só tem um jeito de Deus se provar real. Ele aparecer de uma vez por todas e mostrar quem é que manda nessa porra toda!" (tirei de outro tópico)

      Aqui reside uma curiosidade minha e é só curiosidade mesmo: e se isso que vc disse acontecer? Que seja Cristo ou outro, que seja.

      Excluir
    8. Se for o Deus cristão, judaico ou do islã vc já sabe que será lançado no inferno, isso é meio óbvio... Mas não é por isso que eu faço essa pergunta, é mera curiosidade mesmo

      Excluir
    9. "Se fosse tão simples assim rebatê-lo os cavaleiros do ateísmo e outros não o respeitariam tanto e nem sequer debateriam com ele."
      - Respeitar devemos respeitar a todos. Concordar é diferente. Não há "cavaleiros do ateísmo". Não sei se ateu anda a cavalo. Craig fala muito bem, devo admitir. Tem ateu que não aceita discutir com ele, como o Richard Dawkins, por exemplo. Dawkins não é muito bom de discurso, mas ser bom de discurso não significa estar certo.

      "Voce não é ateu, voce é agnóstico."
      - Sim, posso ser, mas agnosticoignorante ficaria um título muito grande pro blog e nem todos sabem o significado. Ateu é mais popular.

      "e se isso que vc disse acontecer? Que seja Cristo ou outro, que seja."
      - Pode ter certeza, se isso acontecer, serei seu mais fervoroso fiel. Não haverá mais dúvidas. Não haverá espaço para a fé (crer sem ver). Todos aceitaram a verdade, comprovadamente verdade. Irrefutável verdade. E vc, já imaginou se for outro deus ou se não tiver deus nenhum?

      "Se for o Deus cristão, judaico ou do islã vc já sabe que será lançado no inferno"
      - Se for o deus judeu ou do islã, vc também será lançado no inferno. Nos veremos lá.

      "Mas não é por isso que eu faço essa pergunta, é mera curiosidade mesmo"
      - Achei que vc iria falar da aposta de pascal.

      Excluir
    10. "Respeitar devemos respeitar a todos. Concordar é diferente. Não há "cavaleiros do ateísmo".

      Quando me referi a respeitar, vc entendeu o que eu disse. Eles não desprezam seus argumentos. Existe lógica nas afirmações de craig.Se vc nao sabe, os srs.richard dawkins, hitchens, sam harris e daniel dennett são conhecidos como os 4 cavaleiros do ateísmo.

      "Dawkins não é muito bom de discurso, mas ser bom de discurso não significa estar certo"

      Dawkins tem argumentos péssimos, é melhor que ele não debata com o craig ou vai passar vergonha, sejamos honestos. Há ateus muito mais coerentes. Sim, ser bom de discurso não significa estar certo, mas até agora não vi os principais argumentos do crag e do alvin plantinga serem refutados, sinceramente, e na verdade é isso que importa.

      "Se for o deus judeu ou do islã, vc também será lançado no inferno. Nos veremos lá" - o judeu seria até possível que eu me salvasse (possível) mas sem dúvidas se fosse Alah, bom, rs te encontro lá!

      Já que vc mesmo se considera agnóstico, porque não adotar uma postura mais imparcial? Já que vc visualiza a possibilidade da existência de Deus (mesmo que remota pra voce), EU acho uma posição mais sábia a se tomar, mais humildade intelectualmente falando, mas cada um é cada um...

      A aposta de pascal não é de todo ruim, mas como eu disse, minhas perguntas eram pessoais...mera curiosidade. Embora seja algo a se considerar...na minha opinião, repito.

      Excluir
    11. "Existe lógica nas afirmações de craig."
      - Só pros cristãos. Pros ateus e pros crentes das outras religiões, não existe.

      "...são conhecidos como os 4 cavaleiros do ateísmo."
      - Título jocoso dado por cristãos. Pros ateus, são alguns dos brilhantes cientistas que o mundo tem.

      "Dawkins tem argumentos péssimos"
      - Já leu o livro "A Magia da Realidade"? É lindo!

      "é melhor que ele não debata com o craig ou vai passar vergonha"
      - Ele não faria isso apenas para alimentar o ego tipo "ganhei".

      "não vi os principais argumentos do crag e do alvin plantinga serem refutados"
      - Me passe esses argumentos e tentarei refutá-los.

      "o judeu seria até possível que eu me salvasse"
      - Não acho, pois vc cultua Jesus, que pros judeus não é o Messias.

      "Já que vc mesmo se considera agnóstico, porque não adotar uma postura mais imparcial?"
      - Tentarei levar isso em consideração nas próximas...

      "A aposta de pascal não é de todo ruim"
      - É uma aposta boa, mas acho que já foi refutada também. Perdemos tempo e dinheiro, basicamente, diferentemente do "nada a perder" da aposta.

      Excluir
  6. Olááá!... voltei kkkk...
    E ai? sentiu minha falta?... tá, acho que não.
    Interessante, muito interessante a conversa de vocês...
    Pra variar, não li tudo. Mas uma pergunta tua me intrigou?
    "E como saber o que é e o que não é pecado? Se nem as diferentes subdenominações cristãs chegaram a um acordo?"
    - Eu poderia usar de um único verso aqui para responder, mas antes, quero dizer uma coisa: nem tudo o que a "massa" diz, é relevante;
    Nem tudo o que um "pastor" [ou qualquer outro grande do clero] diz, é relevante;
    ... enfim... se aqui estamos falando sobre a Bíblia, o que vale, é a Bíblia, não é mesmo?
    Do que adianta falar "o que fulano diz", ou "o que sicrano acha"?
    Como você mesmo disse: "nem as diferentes subdenominações cristãs chegaram a um acordo"!
    Vamos lá então, corramos à Bíblia, pois ela é lâmpada para os pés e luz para os caminhos (Sl 119:105)

    "O que é pecado?"
    João responde para nós:
    "Todo aquele que pratica o pecado também transgride a Lei, pois o pecado é a TRANSGRESSÃO DA LEI" I João 3:4 [Caixa alta acrescentada]

    Talvez agora vc vai dizer: - Mas só os adventistas falam isso, os outros dizem que a Lei foi abolida.

    Pera lá! A Bíblia é adventista? A Bíblia disse, não os adventistas.

    "Se Deus aparecesse em carne" [não com essas palavras].
    Mas isso aconteceu. João 1:1-3;14

    Talvez agora vc vai me falar dos judeus, que eles dizem que Jesus não é o Messias.
    Leia então o verso 11 do mesmo capítulo de João.

    E quanto as profecias?
    Ah, mas os judeus dizem que Jesus não cumpriu todas.
    Sim, Ele cumpriu. Os judeus que não querem reconhecer isso [já vi aquele link que vc postou num dos primeiros lá, lembra?]

    Enfim, o tema deste post é "Deus fez o ímpio?"
    Isso, eu já respondi na primeira vez.
    Deus criou os anjos, e a eles foi dado o livre arbítrio, assim como a nós.
    Um anjo decidiu pecar, ele pecou porque quis.
    Da mesma forma Adão e Eva, pecaram porque quiseram.
    Hoje nós pecamos porque queremos.
    Deus fez o pecador? o ímpio?... Ele fez o ser humano com livre arbítrio.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Felipão, se pecado é tudo o que transgride a lei, então temos que saber todos os 615 itens da lei? Segundo os judeus, são mais de 600 regrinhas diferentes.
      Se a lei ainda vale, bora ali apedrejar umas adúlteras? Compras uns escravos? Vender nossas filhas? Não é simplesmente "é o que tá na bíblia". Tem a interpretação que cada um dá ao que está na bíblia.
      Olha esse link com alguns questionamentos meus do que o cristão pode ou não pode:
      http://ateuignorante.blogspot.com.br/2013/10/afinal-de-contas-cristao-pode-ou-nao.html

      Tem também esse vídeo do Porta dos Fundos sobre interpretação bíblica:
      https://www.youtube.com/watch?v=wkSIBBAWhWU

      Excluir
    2. Ateu, a pergunta principal então é: Existe apenas UMA lei?
      Ou será que a Bíblia é mais abrangente do que UMA só?

      Sugiro que leia o capítulo 6 desse livro [online]: http://www.jesusvoltara.com.br/ados/index1.htm

      e veja esse vídeo: http://novotempo.com/arenadofuturo/videos/lei-moral-e-lei-cerimonial/

      Quanto ao post, respondo nele.

      Excluir
    3. Felipão, sério que você vai me fazer assistir um vídeo de quase uma hora? Não né...
      Segundo os judeus, existem mais de 600 leis na Torá (só na Torá, os primeiros cinco livros da bíblia).
      Li o capítulo 6. Entendi que lei moral são os 10 mandamentos e o resto é lei judáica, ou lei cerimonial. Entendi que pros cristãos a lei judáica foi abolida com a morte de Jesus (como chegaram a essa conclusão ainda está meio confuso, mas tudo bem).
      Repare que nos 10 mandamentos não tem nada dizendo que ser gay é pecado, que não pode transar antes de casar, que não pode se masturbar, etc, porém, tem muito crente que acha que essas leis judáicas ou cerimoniais ainda valem. Complicado, né...

      Excluir
    4. Olá sr Ateu! Como estás?

      Pena que não quis ver o vídeo, é bem explicativo.

      Vamos lá:
      "Li o capítulo 6. Entendi que lei moral são os 10 mandamentos e o resto é lei judáica, ou lei cerimonial."
      - Primeiro, os 10 mandamentos "resumem" a Lei Moral. É como se eles fossem "a constituição" da Bíblia, entende?
      Já a Lei Cerimonial, se refere a toda a parte ritualística e sacrificial.

      Leia Tiago 2:10-12
      Se seremos julgados por ela, como foi abolida?

      Efésios 2:15
      Se Ele a desfez, como ainda pode ser válida?

      Entendemos então, conforme Mateus 27:51-52 que nesse momento, a Lei Cerimonial, que prefigurava a Jesus, o Messias, o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo, foi abolida.

      "Repare que nos 10 mandamentos não tem nada dizendo que ser gay é pecado, que não pode transar antes de casar, que não pode se masturbar, etc, porém, tem muito crente que acha que essas leis judáicas ou cerimoniais ainda valem. Complicado, né..."
      - Não é complicado.
      Como já disse, os Decálogo é apenas um resumo, a constituição, o alicerce e a base.
      A Bíblia toda é a regra Moral.

      II Timóteo 3:16 explica bem isso.
      E a Lei Cerimonial não é de toda vã. Ela cumpriu rigorosamente o seu papel, mostrando-nos o Verdadeiro Cordeiro.

      Excluir

Regras de uso:
1) Desde que não tenha palavrões, ofensas ou propagandas, nenhum comentário será apagado;
2) Diga primeiramente qual fé religiosa você professa (ateu, agnóstico, católico, evangélico, budista, judeu, muçulmano, etc) para facilitar a interpretação do seu texto;
3) Tente manter a discussão no nível das ideias. O objetivo é compreender (não necessariamente aceitar);
4) Obrigado por participar!